Fabrício Maurício | Voracidade
2989
single,single-post,postid-2989,single-format-standard,ajax_updown_fade,page_not_loaded,

Voracidade

Voracidade

Por Fabricio Mauricio em Atrevendo-me a Poetizar 14 mar 2012

Quanto vale a sua liberdade?
Prefere viver plenamente
ou de ti sentir piedade?

Onde está  a sua serenidade?
Prostrado num sofá de domingo?
Não te sufocas tanta normalidade?

Como é ambíguo o peso da morosidade
Para alguns tudo menos a novidade
Outros só vêem a verdade na totalidade

Sentir a vida com caridade sem castidade
Sua sensibilidade está acima de qualquer idade
Viva com versatilidade pois depois da tempestade
Mora a claridade

Busquemos a unidade na variedade
O plástico terá mais elasticidade
Tudo depende de sua vontade

  • Marcio Urso 2 de abril de 2012 at 21:24 / Responder

    Legal poder ler uma poesia que consegue fazer a gente repensar o modo de viver, a poesia nesse caso nos deixa ativo…muito jóia!!!

  • fabricioliver 3 de abril de 2012 at 02:38 / Responder

    Que bacana Urso!!! Maravilha poder perceber que tenho conseguido atingir tanta gente, e de gostos tão variados. Vindo de Você que também é amante da escrita tem valor especial! Obrigado Meu Companheiro!!!

Publique seu comentário